Home | Idosos | Erisipela

Erisipela

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image

publicidade

A erisipela é uma infecção na pele e tecido subcutâneo causada por uma bactéria. Surge em qualquer idade, sendo mais frequente nos diabéticos, obesos e pessoas com problemas na circulação venosa sanguínea. Nos idosos o processo de reabilitação é mais moroso.

Sinais e sintomas

O tempo de incubação pode ir até oito dias. Os doentes referem sentir mal-estar geral provocado pela dor de cabeça e/ou no local da erisipela, febre, calafrios, edema (inchaço), enjoos e vómitos. Pode haver aumento dos gânglios linfáticos.

No início da doença a pele fica lisa, vermelha, quente e brilhante. Com o avanço da infecção, pode surgir na pele manchas vermelhas e flictenas (bolhas) de vários tamanhos, e por fim tecido com necrose (morte das células).

Aparece geralmente nas pernas, mas pode surgir na cara, tronco e braços.

Origem

A bactéria causadora da infecção entra na pele a partir de uma lesão.  As pessoas mais propensas a esta doença são as que sofrem de insuficiência venosa crónica, com diminuição de gânglios linfáticos, diabéticos, obesos e idosos.

Diagnóstico

O diagnóstico é elaborado através da observação da pele e dos sinais e sintomas descritos pelo doente.

Podem ser realizadas análises ao sangue apenas para avaliar a evolução da doença.

Tratamento

Se houver exsudado na pele (líquido), deve ser colhido para ser analisado no laboratório de forma a se poder identificar a bactéria e determinar o antibiótico específico para este caso em particular.

Pode ser necessário medicação para as dores e febre nos primeiros dias.

Também é importante identificar a porta de entrada da bactéria, para ser tratada prevenindo novos episódios de erisipela.

Para reduzir o edema é necessário grandes períodos de repouso com as pernas levantadas e se necessário colocar ligaduras elásticas.

Prevenção

- Os cuidados de higiene são fundamentais para evitar novos episódios. Após a higiene os pés devem ser bem secos principalmente no espaço entre os dedos. - Usar fungicidas e meias de algodão.

- Escolher bem o calçado para evitar lesões.

- Tratar cuidadosamente as frieiras ou ferimentos.

- Usar meias elásticas e elevar as pernas para evitar o edema.

- Recorrer ao médico se surgir algum sintoma.

Complicações

As complicações são menores se o doente for tratado desde o início da doença.

As flictenas podem evoluir para úlceras (feridas) superficiais ou profundas e provocar trombose nas veias.

Se houver erisipela várias vezes no mesmo local pode surgir linfoedema, ou seja, a zona fica bastante dura e com edema.


Referencias: Enfermagem Médico - Cirúrgica - Conceitos e Prática Clínica Segunda Edição em Português, Tradução da Quarta Edição em Inglês, Vol I, Vol II,
Enciclopédia Médica da Família - Editora: Livraria Civilização Editora

 

Última atualização desta página:

Poderá querer ler também sobre
      

publicidade

   

Faça o seu comentário

josenildo lopes da silva on 03/07/2009 10:11:12
avatar
Gostei muito da informaçao da irisipela.
Thumbs Up Thumbs Down
6
ronaldo ramos on 03/07/2009 14:13:16
avatar
as informações são muita formal
Thumbs Up Thumbs Down
0
Hedwiges campos on 11/10/2009 16:41:27
avatar
Tive alguma noção da doença através desta informação.Pretendo cansultar um médico.E Viva a Internet e vocês
Thumbs Up Thumbs Down
0
BENILDE BRILHANTE on 11/10/2009 19:50:25
avatar
No momento estou internada fazendo o tratamento adequado para a ERISIPELA.Estava bastante confusa e asustada com essa doença, mas lendo aqui todas essas informações, estou mais esclarecida e tranquila porque sei q estou fazendo o tratamento correto.Obrigada ao site CS pela excelente infomação!.
Thumbs Up Thumbs Down
0
Daniella Tavares de oliveira on 09/01/2010 02:28:50
avatar
Oi estou tirandu algumas duvidas sobre erisipela pois minha filha a 7 dias atras reclamou de dor no pé, achei que fosse uma torção pois ela tem 4 anos e pula o dia todo apos 3 dias da suposta "torção" foi internada pois estava tendo febre muito alta e tremores, o pé dela esta inchando e vermelho no tornozelo e percebo algumas manchas avermelhadas na panturrilha...enfim minha pergunta é como vou ter certeza se é uma erisipela pois ela não tem nenhum ferimento no pé, se e uma bacteria por onde ela entrou? Bom estou no SUS e ela nãe fez nenhum exame pra confirma apenas o médico deduzio pelos sintomas esta dando penicilina de 6/6 hrs...há algum problema pois elasó tem 4 anos????
Obrigada
Thumbs Up Thumbs Down
10
Giseli on 28/01/2010 01:19:41
avatar
Minha filha de 3 anos e meio esta com erisipela! As bacterias entraram pela garganta devido a uma gripe forte! Queria saber se pode ficar alguma sequela ou algum orgao pode ser afetado por essa doenca?
Obrigada!
Giseli
Thumbs Up Thumbs Down
-3
edil da hora on 14/02/2010 20:43:08
avatar
Meu esposo esta com erisipela,o meu Pai tambem teve, ficou na cama 02(dois)anos e se recuperou graças a Deus. Meu esposo ficou internado (03) tres dias e nao constatou a doença.Esta semana ele teve uma febre de 40 graus, foi suficiente para ver o diagnostico da mesma.A minha duvida e: ficara com alguma sequela, pois ele e Motorista~. de Ônibus. gtata
Thumbs Up Thumbs Down
3
Maria Oliveira on 03/03/2010 20:52:52
avatar
As sequelas da erisipela dependem do sistema de defesa de cada organismo, da intensidade da infecção, de novas recaídas, etc. O médico que observa o doente é que pode melhor informar.
Thumbs Up Thumbs Down
0
marilyn braga on 15/03/2010 13:35:20
avatar
A 2 anos atras peguei erisipela na perna esquerda depois de 2 anos peguei novamente na perna direita passei pelo clinico e le me deu antibiotico , mas a minha perna ainda tem alguns ematomas e ñ voltou normal como era antes queria saber porque? e ainda tenho algumas coseiars no pé.
Thumbs Up Thumbs Down
2
jacinta aragão on 18/03/2010 01:02:06
avatar
MEU MARIDO ESTAVA COM FEBRE AALTA A DOIS DIAS O MEDICO SUSPEITAVA DE DENGUE,MAS FOI NO UPA E DR. PEDIU EXAME DE SANGUE E CONSTATOU UMA ERIZIPELA NO INICIO,E ESTA TOMANDO ANTIBIOTICOS,SERA QUE VAI CURAR APOS OS 8 DIAS DE REMEDIOS
Thumbs Up Thumbs Down
-1
1 2 3 4 5 next 46 1 - 10
  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
  • Plain text Acompanhe o Conhecer Saude no Twitter




Info do(a) Autor(a)
image , concluiu Curso Superior de Enfermagem em 1996 e a Licenciatura em Enfermagem em 2001. Fez em 2003 o Curso Inicial de Formadores e renovou em 2008. Editora do Conhecer Saúde.
Health On the Net Foundation


Publicidade