Home | Crianças | A alimentação do bebé no primeiro ano de vida

A alimentação do bebé no primeiro ano de vida

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image A introdução da sopa é um momento de stress para os pais.

publicidade

A alimentação do bebé é uma das várias preocupações e dúvidas dos pais, principalmente no primeiro filho. Surgem várias questões sobre as características do leite, quais os primeiros alimentos a inserir, se o bebé vai tolerar, etc.

O leite materno ou adaptado, é essencial ao bebé durante o primeiro ano de vida. Com o crescimento, só a ingestão de leite é insuficiente para as suas necessidades nutricionais e energéticas, pelo que é preciso iniciar alimentos sólidos. Deve-se manter o leite na alimentação porque tem nutrientes necessários ao bebé.

A introdução de alimentos sólidos, é um momento de socialização do bebé porque começa a comer à mesa e é o primeiro passo para a sua independência ao começar a aprender a comer sozinho e a sujar tudo ao seu redor. A introdução de novos alimentos deverá ser orientada pelo médico de família ou pediatra.

Os pais pensam como é que um bebé tão pequeno consegue comer com uma colher e mastigar. O organismo desenvolve-se para o bebé conseguir engolir e digerir alimentos sólidos. Nesta idade já estão aptos para a nova etapa e experimentar sabores e texturas diferentes.

 

A introdução de alimentos sólidos varia entre os 4 e 6 meses. O bebé já é capaz de segurar a cabeça e de se sentar com alguma ajuda. Já começa a mastigar e a usar a língua para introduzir alimentos na boca.

A administração de alimentos sólidos antes dos 4 meses é prejudicial para o bebé porque ainda não há maturação do sistema digestivo e renal.

Os novos alimentos devem ser introduzidos um de cada vez e com o intervalo de três dias, para poder verificar alguma alergia e para o bebé se acostumar ao novo sabor.

O médico e enfermeiros de saúde infantil, orientam os pais sobre a sequência de alimentos a introduzir. A ingestão ou não de papas está dependente do médico, de acordo com as características físicas do bebé. As primeiras papas devem ser dadas após os 6 meses e sem glúten (composto proteico), porque pode desencadear intolerância em crianças com doença celíaca.

Até um ano de vida não deve ser dado ao bebé leite de vaca e sopa com sal porque os rins ainda não estão maduros. Alimentos com açúcar também devem ser evitados porque pode potenciar diabetes, obesidade e cáries. O sal e açúcar existente nos alimentos são suficientes.

 

Introdução de alimentos na sopa

- Até aos 4 - 6 meses as refeições devem ser só de leite.

- Aos 6 meses introduzir sopa de legumes ao almoço e jantar feita com batata e  cenoura e depois introduzir progressivamente de 3 em 3 dias aos ingredientes anteriores usados a cebola, alho, alface, salsa, couve-flor, brócolos, feijão verde, agrião, nabo, alho francês, …etc. A ordem de introdução é arbitrária. Depois da sopa feita pode-se adicionar pouco azeite. As restantes refeições são de leite.

- Aos 6 meses e meio após a sopa podem comer fruta crua esmagada, ralada ou raspada (banana, maça e pêra). Pode iniciar uma papa em horário deferente da sopa. As restantes refeições são de leite.

- Aos 7 meses introduzir carnes brancas em pequena porção (frango, pato peru, borrego) cozidas à parte, misturar depois e moer tudo junto. Pode comer a fruta a seguir, excepto morangos e citrinos.  

- Aos 8 meses introduzir carnes vermelhas sopa (porco, vaca).

- Aos 9 meses introduzir peixe no puré de legumes. Pode comer ¼ de gema de ovo por semana. Iniciar iogurtes naturais com leite adaptado.

- Aos 10 meses introduzir na sopa leguminosas secas (feijão, grão, ervilha) bem demolhadas, couve e arroz.

- Aos 12 meses pode comer as refeições da restante família mas, deve evitar refogados, picantes, fritos, doces e salgados.

 

As favas só podem ser introduzidas depois dos 3 anos.

 

Com um ano o bebé já tem capacidades para digerir a maioria dos alimentos ingeridos pela restante família. Se o bebé aceitar com alguma dificuldade os sabores novos, não deve forçar. As crianças são muito mais sensíveis no paladar do que os adultos. Tente colocar a refeição com aspecto apetecível e criar um bom ambiente na hora da refeição, sem stress.


Referencias: Nutricao materno-infantil - Benzecry, Esther Haim - Editora: cultura medica

Última atualização desta página:

Poderá querer ler também sobre
      

publicidade

   

Faça o seu comentário

sandra on 03/06/2009 13:56:59
avatar
gostaria de saber se é verdadeira essa afirmaçao que depois de um ano de vida nao é aconselhavel a amamentaçao porque minha filha tem 1 ano e 3 meses e uma professora me disse que apos esse periodo a mãe nao produz mais anticorpos mas sim toxicinas projudiciais ao sistema neurologico da criança e eu ainda amamento minha filha e estou muito preocupada com essa noticia gostaria de saber se é veridica.
Thumbs Up Thumbs Down
-6
Admin on 03/06/2009 14:16:44
avatar
A amamentação deve ser feita enquanto a mãe tiver leite e ambos quiserem. A partir de um ano de amamentação o leite ainda tem nutrientes para o bebé. Refeições todo o dia só de leite não é suficiente para o seu desenvolvimento, mas é um complemento entre as refeições.
Thumbs Up Thumbs Down
8
Juliana on 29/06/2009 15:55:42
avatar
Olá, minha filha esta com 11 meses, e so esta querendo comer frutas e mingal, alimentos salgados não esta querendo, assim ela acaba não almoçamdo e nem jantando, ja tentei diverças coisa mas ela não aceita, a unica comida que aceita e muito bem é macarronada, mas ela não pode ficar comendo só isso.
Por favor prescisava de uma ideia de o que fazer.
Thumbs Up Thumbs Down
-3
Maria Oliveira on 29/06/2009 23:06:12
avatar
Os bebes são muito espertos e tentam sempre arranjar forma de os pais fazerem o que eles querem.
Não é fácil a introdução de novos alimentos, mas tem que tentar sempre, para o bebé perceber que deve comer outros alimentos e não só os que mais gosta.
A alimentação com sal só deve ser introduzido depois de 1 ano e quanto mais tarde melhor.
Thumbs Up Thumbs Down
0
petra dos santos on 08/09/2009 11:24:21
avatar
estou preoucupa o meu filho tem um ano e come muito pouco ja dei-lhe vitaminas nem com isso,ele quando esta a comer puxa vomitos e nao de quantas horas passo a dar de comer.
Thumbs Up Thumbs Down
2
Maria Oliveira on 11/09/2009 00:30:58
avatar
Pode dar de comer sempre que ele tiver fome. Se ele vomitar nas refeições deve procurar o médico para avaliar o bebe.
Thumbs Up Thumbs Down
-1
diana xu on 28/09/2009 22:57:35
avatar
ola,a minha filha ja tem 1ano, o demanha sou dou leite 200ml, e ela nao quere mais outra coisa, sera suficiente so com leite de transicao
Thumbs Up Thumbs Down
0
Maria Oliveira on 30/09/2009 22:07:20
avatar
O leite é suficiente. Com um ano eles já exprimem muito bem quando têm fome.
Thumbs Up Thumbs Down
0
Alexandre on 30/10/2009 16:14:52
avatar
Minha irmã mamou no peito até 3 anos acredita!!! É verdade... Hoje tem 34 anos e uma saúde perfeita...
Thumbs Up Thumbs Down
0
erica on 03/01/2010 22:27:09
avatar
Alguns pediatras indicam as frutas como primeira opção de cardápio para bebês, e alguns dão preferência as papas salgadas.Na verdade gostaria de saber qual o mais indicado?

Grata

Érica
Thumbs Up Thumbs Down
0
1 2 3 4 5 next 45 1 - 10
  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
  • Plain text Acompanhe o Conhecer Saude no Twitter




Tags
Info do(a) Autor(a)
image , concluiu Curso Superior de Enfermagem em 1996 e a Licenciatura em Enfermagem em 2001. Fez em 2003 o Curso Inicial de Formadores e renovou em 2008. Editora do Conhecer Saúde.
Health On the Net Foundation


Publicidade