Home | Adultos | Alergia respiratória ou reacção alérgica

Alergia respiratória ou reacção alérgica

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image

publicidade

 A alergia respiratória ou reacção alérgica é uma reacção exagerada do sistema imunológico a uma substância específica (alergénio).

 O sistema imunológico (defesa do organismo) é composto por células especiais que circulam por todo o corpo para o defender contra substâncias estranhas, tais como vírus e bactérias. É uma resposta protectora normal.

Nas pessoas com alergias, o sistema imunológico responde de forma exagerada quando se inala, engole ou toca em substâncias inofensivas, como o pólen, ácaros ou pó. Qualquer substância pode ser um alergénio e causar uma reacção alérgica numa pessoa que é sensível a essa substância em particular. Pessoas com alergias são geralmente alérgicas a mais de uma substância.

A reacção alérgica grave, também chamada de reacção ou choque anafilático, pode tornar-se uma ameaça à vida e requer intervenção médica imediata. As alergias respiratórias podem ser graves em pessoas com asma. Os alergéneos podem desencadear um ataque de asma que resulta na constrição (aperto) das vias aéreas (pulmões), inflamação e obstrução por produção de muco em excesso. Nestas situações o doente ao respirar emite um barulho semelhante a um chiado, sente falta de ar e tem tosse.

Sintomas

Alergias respiratórias podem produzir uma grande variedade de sintomas que podem ocorrer isoladamente ou em combinação com outros sintomas. Eles incluem espirros, corrimento nasal, prurido (comichão), lacrimejo, congestão nasal, sinusite e dor de cabeça (cefaleia).

Em alguns casos, os sintomas respiratórios podem-se tornar graves e incluir chiado, falta de ar, edema (inchaço) nos lábios, boca e garganta (situação que necessita tratamento de emergência).

Tratamentos

Apesar de alguns medicamentos para alergias respiratórias poderem ser adquiridos sem receita médica, nunca se deve comprar estes medicamentos, sem uma avaliação médica. O médico ou enfermeira podem aconselhar e ajudar a desenvolver e seguir um plano de tratamento eficaz.

Alergias respiratórias leves podem ser tratadas com uma variedade de produtos de venda livre (sem receita) ou com prescrição (mais correcto) de medicamentos, disponíveis em comprimidos, líquidos e formas de spray nasal.

Estes incluem corticoesteroides, anti-histamínicos, descongestionantes, modificadores dos leucotrienos (intervém nos processos inflamatórios e alérgicos) e cromoglicato de sódio. Injecções também estão disponíveis para pessoas que não respondem prontamente aos medicamentos.

Para as reacções moderadas a graves, os mesmos tipos de medicamentos podem ser utilizados por via intramuscular (injecção no rabo), intravenosa (injecção na veia) e inalatória (pelo nariz ou boca). Para reacções anafiláticas o médico pode pedir para administrar adrenalina injectável.

Algumas pessoas sabem que fazem reacções severas a um ou mais alergéneos, como por exemplo a picada de uma abelha, têm em seu poder adrenalina para se injectarem de imediato e a seguir vão para o hospital.

A asma alérgica também pode ser tratada com broncodilatadores em spray (inaladores).

A prevenção de reacções alérgicas em pessoas sensíveis também é uma parte fundamental do tratamento, com o evitar ou eliminar os alergéneos. Por exemplo, para uma pessoa que foi diagnosticado alergia ao pó, pode ser recomendado eliminar tapetes e tapeçarias, aspirar em vez de varrer, limpar o pó com um lenço a proteger o nariz e boca, limpar o filtro do ar condicionado com maior frequência, etc.

O tratamento da alergia é dependente do tipo de sintomas, do órgão do corpo afectado (pele, pulmões), e da gravidade da reacção.

A anafilaxia é uma reacção grave, ameaça a vida devido a haver uma resposta alérgica, exagerada de defesa do organismo.

As alergias devem ser observadas pelo médico, pois este é que pode avaliar a gravidade e medicar.

 

Referencias: http://www.cdc.gov/climateandhealth/effects/airway_diseases.htm

 

Última atualização desta página:

Poderá querer ler também sobre
      

publicidade

   

Faça o seu comentário

Joao on 17/06/2011 22:49:44
avatar
Olá Boa noite!

Eu sofria bastante com as alergias, de Maio a Outubro... Nariz a pingar, olhos vermelhos,... Quem as tem (as alergias) sabe a que me refiro.

Contudo, consegui ultrapassa-las (apesar de não terem cura) com a toma de um produto Natural! ("Coisa" que eu não acreditava minimamente!)

Se tiverem problemas com as alergias, contactem-me que eu digo-vos qual é o produto!

bartjc20@hotmail.com

Desde 2009 (Julho) que já não sei o que são alergias!!

Tenham um dia Fantástico!!
Thumbs Up Thumbs Down
0
Tony on 18/10/2011 11:54:13
avatar
O ar das grandes metrópoles não ajuda quem tem problemas respiratórios como asma, bronquite ou sinusite entre vários outros. Vírus, fungos e ácaros entram pelas vias respiratórias e afetam a saúde humana principalmente crianças, idosos, gestantes, hipertensos e cardíacos. Procure colocar um purificador de ar em casa, particularmente no quarto e verá como poderá respirar melhor a noite. Mas tem que ser um bom purificador de verdade, se tiver o filtro HEPA melhor.
Se precisar de mais informações me contate.
tony@jathcom.com.br
Thumbs Up Thumbs Down
0
2 1 - 2
  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
  • Plain text Acompanhe o Conhecer Saude no Twitter




Info do(a) Autor(a)
image , concluiu Curso Superior de Enfermagem em 1996 e a Licenciatura em Enfermagem em 2001. Fez em 2003 o Curso Inicial de Formadores e renovou em 2008. Editora do Conhecer Saúde.
Health On the Net Foundation


Publicidade