Home | Adultos | Cirurgia Bariátrica

Cirurgia Bariátrica

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image

publicidade

A cirurgia bariátrica é um tratamento cirúrgico, geralmente destinada a pessoas com excesso de peso, com obesidade mórbida e em alguns casos associado a diabetes descompensada. Esta cirurgia reduz o espaço do estômago e liga-o directamente ao intestino delgado.


Como é feita a cirurgia

Na cirurgia é feito um bypass gástrico por via laparoscópica (4 furos na barriga). O médico faz um pequeno corte na parte superior do estômago, faz aí uma bolsa que vai ser directamente ligada ao intestino delgado. Desta forma os alimentos ingeridos são em menor quantidade e vão directamente para o meio dos intestinos, diminuindo a absorção destes no intestino, aumentando a eficácia do bypass em relação à banda gástrica.

As pessoas sujeitas a este tipo de cirurgia, vão sofrer uma alteração na sua vida ao passar por mudanças físicas, de comportamento, relacionamentais, etc. É necessário uma consulta com um psicólogo e nutricionista antes da cirurgia, para os profissionais poderem preparar as pessoas para a nova fase da vida. O seguimento após a cirurgia é muito importante para ajudar a lidar com a nova fisionomia e adaptar a alimentação de acordo com a evolução e necessidade de cada caso.

Em alguns casos, o médico nutricionista aconselha a pessoa a emagrecer alguns quilos antes da operação.

Esta operação faz com que haja diminuição da quantidade de alimentos ingeridos, má absorção de nutrientes, desidratação, carência de vitamina D e cálcio aumentando o risco de fracturas, pelo que as carências devem ser complementadas com suplementos alimentares e vitamínicos.

A cirurgia bariátrica está indicada para pessoas com índice de massa corporal superior a 40 Kg/ m², ou superior a 35 Kg/ m² associada a outras doenças como uma diabetes difícil de controlar, apneia do sono (param de respirar por segundos enquanto dormem), hipertensão arterial, alterações dislipidémicas (aumento das lipoproteínas).

A decisão da cirurgia também depende da decisão do doente, e de toda uma equipa médica, incluindo um psicólogo e nutricionista, após a realização de vários exames.


Técnicas para realização da cirurgia

A técnica laparoscópica escolhida depende de cada caso.

- Técnica de Fobi e Capella com colocação de anel em Y de Roux

O médico coloca grampos na parte superior do estômago para reduzir a capacidade de +- 2 litros para cerca de 50ml. O médico faz um corte no estômago e coloca um anel ou banda para evitar a dilatação da entrada do novo estômago e facilitar o seu esvaziamento. É feito um desvio com uma porção do intestino delgado ao unir (anastomose) à nova saída do estômago.

Estas pessoas emagrecem devido a ingerirem pequenas quantidades de comida e a ser desviado 1,5 metros de intestino. O intestino é responsável pela absorção da maior parte dos alimentos que ingerimos. Pode ser necessário realizar cirurgia plástica para retirar pele em excesso.

É uma cirurgia restritiva porque limita a capacidade do estômago, e de desabsorção porque desvia a passagem dos alimentos numa porção dos intestinos. A cirurgia como é restritiva e de desabsorção, chama-se técnica combinada.

- Técnica de Scopinaro e duodenal switch

É uma cirurgia desabsortiva, porque evita a passagem dos alimentos numa porção dos intestinos. O estômago também é reduzido, mas para cerca de 500ml e há diminuição do intestino. Os alimentos com gordura podem provocar diarreia.

Uma cirurgia para redução de peso só restritiva, é a banda gástrica.

Qualquer técnica, exige sempre um acompanhamento pela equipa após a cirurgia.

 

Referencias: Obesidade, Cirurgia Bariátrica e Emagrecimento - Vivências e Significados - Gláucio Nóbrega - Editora: JURUA,
Manual Terapêutica Médica - Editora: Lidel

 

Última atualização desta página:

Poderá querer ler também sobre
      

publicidade

   

Faça o seu comentário

  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
  • Plain text Acompanhe o Conhecer Saude no Twitter




Info do(a) Autor(a)
image , concluiu Curso Superior de Enfermagem em 1996 e a Licenciatura em Enfermagem em 2001. Fez em 2003 o Curso Inicial de Formadores e renovou em 2008. Editora do Conhecer Saúde.
Health On the Net Foundation


Publicidade